Evangelho no Lar

FINALIDADES

A prática e o estudo contínuo do Evangelho no Lar tem a finalidade de unir as criaturas, proporcionando uma convivência de paz e tranquilidade.

Higienizar o lar com nossos pensamentos e sentimentos elevados, permitindo facilitar o auxílio dos mensageiros do bem.

Proporcionar no lar, e fora dele, o fortalecimento necessário para enfrentar dificuldades materiais e espirituais, mantendo ativos os princípios da oração e da vigilância.

Elevar o padrão vibratório dos familiares, a fim de que possam contribuir para a construção de um mundo melhor.

INSTRUÇÕES INICIAIS

Escolha uma hora e um dia da semana em que seja possível a presença de todos da família, ou daqueles que desejarem participar do Evangelho no Lar. Se estiver sozinho, ou ninguém da família quiser participar, faça o Evangelho em voz alta, pode ser no seu quarto, onde se sentir melhor.

A observação cuidadosa da hora e do dia estabelece um compromisso de pontualidade com a espiritualidade, garantindo a assistência espiritual.

A duração da reunião deve de vinte minutos no máximo. É importante lembrar que uma longa duração nem sempre é sinônimo de qualidade!

Não suspender a prática do Evangelho em virtude de visitas, passeios adiáveis ou acontecimentos imprevisíveis.

Providenciar um copo para cada participante, com água, para magnetização, para metade ser tomada após o encerramento do evangelho.

ROTEIRO

1. Prece inicial

Fazer uma prece simples e espontânea, solicitando a presença de Jesus e do Plano Espiritual Superior para a realização do Evangelho no Lar. Pedir a higienização e a limpeza do ambiente.

2. Leitura

Leitura de um trecho de O Evangelho Segundo o Espiritismo, podendo esse trecho ser na sequência (começando o primeiro Evangelho no Lar na primeira página do livro), ou abrindo a página ao acaso.

3. Comentários

Fazer comentários breves sobre o trecho do Evangelho, que esclareçam e facilitem a compreensão dos ensinamentos lidos, sempre colocando pensamentos positivos e aplicando esses ensinamentos na vida diária.

4. Vibrações

Fazer vibrações é emitir sentimentos e pensamentos de amor, paz e harmonia, pedindo a inspiração do Plano Espiritual Superior.

Pode-se vibrar por si próprio (e pelos participantes do Evangelho), pelos familiares, pelos amigos, pela paz na Terra, pelos dirigentes de todos os países, pelos doentes do corpo e da alma, entre outros.

Atentar-se ao tempo das vibrações, lembrando que não é possível vibrar por todos que necessitam de ajuda, pode-se então pedir que uma vibração seja encaminhada pelo Plano Espiritual Superior onde mais for necessário no momento.

5. Magnetização da água

Pedir para a água ser magnetizada, para cada membro da família, de acordo com suas necessidades e merecimento.

6. Prece final

Fazer uma prece espontânea de agradecimento, pedindo por uma boa semana e convidando os amigos espirituais para a reunião da próxima semana (falando o dia da semana e o horário de realização do Evangelho).